​Professor, veja cinco dicas para administrar seu tempo

Já dizia o grande filósofo Pitágoras que “com organização e tempo, acha-se o segredo de fazer tudo e bem feito”. E quem somos nós para discordar dele, não é mesmo? Mas diante de uma rotina que cada vez mais nos exige, em todos os aspectos, um dos maiores desafios dessa vida moderna, em qualquer área, é ter esse tempo a que o filósofo grego se referiu, séculos atrás. E, junto com ele, o consequente segmento de sucesso: o fazer tudo e bem feito.

Embora seja difícil conseguir administrar o tempo, eu sei bem como é isso, garanto que não é impossível. Não há fórmulas prontas. Tempo nada mais é que organização. Isso mesmo! Palavra também usada por Pitágoras e ainda tão atual. A organização é imprescindível para qualquer profissional, e com o professor, então, é que não seria diferente mesmo. Ela é um alicerce para alinhar o que planejou junto às suas ações e atividades, sendo fundamental para alcançar o seu objetivo profissional.

Mas aí eu pergunto: para você, falta até tempo para realizar suas atividades necessárias e diárias? Ou será que não é realmente organizado? Caso seja, como se organiza diariamente? Sempre que possível gosto de deixar indagações para que responda de onde você está e construa o post junto comigo, afinal, o Proluno é nosso. E espero que tenha tido respostas para essas perguntas, afinal, sempre exigimos que nossos diversos alunos, os concurseiros e demais público-alvo estejam sempre com seu quadro de horário atualizado, com seu planejamento semanal, com suas metas cumpridas, com suas revisões em dia, com seus resumos devidamente elaborados. Mais do que ninguém, também devemos ser exemplo nisso. Portanto, hoje vou ajuda-los a gerenciar o seu tempo com algumas dicas fundamentais de organização.

1 – Agendamento – antes de seguir com tudo que se vá fazer, é preciso programar o seu dia, semana, mês. E a ordem aqui é agende tudo! E quando me refiro a tudo, são atividades pessoais também. Para isso, nada melhor que usar e abusar da tecnologia. Programe todas as suas tarefas, aulas e eventos no Google Agenda, por exemplo, uma ferramenta gratuita, bastante útil e que ainda pode ser sincronizada com seu smartphone e tablet. E falando em agenda, a Proluno desenvolveu uma em  que poderá ver todas as suas aulas marcadas, está em sua área de usuário, é só logar e verá do lado esquerdo da página, assim você não perderá nenhuma aula marcada.

2 – Plano de aulas – mais do que ter notório conhecimento da disciplina, é preciso saber o que abordará em cada aula. Isso, além de aperfeiçoar a prática do ensino, melhora o aprendizado do aluno. Ao elaborá-lo, escolha um tema principal; defina os objetivos para cada aula (o que eu desejo e o que os alunos precisam saber sobre tal assunto?); defina o conteúdo programático; estabeleça um tempo para tratar de cada assunto, sempre lembrando de não ficar extenso; delimite a metodologia, isto é, que caminho seguirá para que você alcance aquele objetivo que determinou para a aula; anote quais recursos utilizará. Este planejamento tem que ser objetivo, estar sempre atualizado e ainda contar com espaços para imprevistos. Ao elaborá-lo também tem que entrar em campo as características gerais para quem você dará a aula, no sentido de colocar nele a metodologia mais adequada, bem como da necessidade de diversificar ou não.

3 - organização de material – isso está intrinsecamente ligado ao planejamento das aulas, no sentido de que, antes de saber o que abordará, é preciso estar com os materiais em mãos ou facilmente encontrados. É importante não perder tempo procurando onde está o resumo ou o PDF, por isso, virtualmente também organize-os em uma única pasta, com demais pastas internas e os respectivos assuntos a serem abordados. Pegando como exemplo Direito Constitucional, faço dela a pasta primária, oficial, principal, como queira denominar. Dentro dela crio outras pastas chamadas Direitos e garantias fundamentais; outra com Administração Pública; outra com Poder Executivo, e por aí vai. Com documentos físicos, organize também em pastas colocando nome nelas de acordo com cada finalidade. E semestralmente reveja todos os materiais e guarde somente o que ainda continua necessário, atual e útil. Na Sala Virtual da Proluno essa organização de material é particularmente importante, pois o professor poder fazer o upload de seu material para poder exibir para o aluno, e tendo tudo organizado em seu computador fica ainda mais fácil usar a ferramenta. 


4 – Elaboração de questões e simulados – faça isso constantemente. A cada conteúdo encerrado, crie documentos para elaborar e editar questões e simulados em torno do assunto, bem como já de provas aplicadas por bancas, de livros e/ou de outros professores. Isso tanto para disponibilizar, quanto para criar um banco de questões e utilizar quando necessário.

5 - Organizar leituras – procure sites e blogs que agreguem informações para sua área. Organize suas leituras diárias. Antes tínhamos o Google Reader, mas agora possuímos outros programas para tal, a exemplo do Feedly Online. Nele, para inserir novos feeds, é necessário apenas digitar uma palavra-chave para realizar a busca do que pretende. Além disso, é possível navegar entre categorias e encontrar itens de seu interesse, bem como compartilhar, enviar por email, adicionar tags, marcar itens como lidos e atualizar as suas alterações.

Como percebemos, ser professor se inicia muito antes de começar a aula. E essas dicas abordadas só são algumas das inúmeras possibilidades de organização para se ter tempo e, com isso, não se perder durante as aulas, deixando-as desestimulantes. Claro, cada um utiliza aquela estratégia que mais se adéqua. No entanto, o que deve prevalecer sempre é que nós, como disseminadores do ensino, do conhecimento, do saber, temos que ter em mente que estar organizado naquilo que faz todo dia é o primeiro passo para ter resultados significativos e se obter êxito profissional. Mas mais que isso. Organizar-se é sinônimo de responsabilidade, compromisso e respeito com seu público. 

Veja também

Deixe seu comentário