​A ansiedade tem prejudicado seus estudos?

Você é ansioso(a)?

  • Está nos estudos para concursos e acha que não dará conta de terminar o conteúdo para a prova;
  • sofre por antecipação;
  • começa algo antes de concluir outro;
  • quando resolve questões, simulados ou provas, marca a alternativa errada, mesmo sabendo da correta, pelo simples fato de ler apressadamente;
  • questiona-se a todo momento “Será que tenho chances?”, “Será que vou passar?”, “Conheço uma pessoa que passou em 6 meses e estou há 2 anos estudando”, “Não vai ter tempo de estudar tudo”, “Essa prova vai ser difícil”;
  • durante os estudos tem pressa em terminar algum assunto, edital...
  • no dia que antecede a prova, demora dormir, acha que não sabe mais de nada.

E então, identificou-se com essas características? Caso tenha se inserido nesses cenários, a sua resposta à pergunta do início do artigo é SIM! E mais: ser assim pode ser um dos motivos que tem atrapalhado os seus estudos. A ansiedade caracteriza-se como excesso de preocupação com o futuro, como o medo e receio do desconhecido que podem levar à falta de concentração, a bloqueios no aprendizado, a nervosismo demasiado, ao estresse, tudo o que prejudica sua preparação.

Em maior ou menor grau, qualquer um, em algum momento da vida, tem ansiedade. E isso é comprovado cientificamente. De acordo com pesquisa realizada pelo Instituto de Pesquisa e Orientação da Mente (Ipom), a ansiedade afeta de 7 a cada 10 brasileiros. Um número bem alto! E claro que concurseiros estão nessa estatística elevada.

A ansiedade é bastante comum em quem estuda para concursos públicos, afinal, além de ter que estudar bastante, ter disciplina, foco, quem está nessa rotina ainda tem que lidar com pressões externas, com seus próprios pensamentos, com os sacrifícios e renúncias que são feitos. E tudo isso são fatores que podem fazer de você uma pessoa ansiosa.

Porém, mesmo que seja algo comum, ou digamos, até mesmo natural na preparação para concursos, a ansiedade, se não controlada, pode causar o famoso “apagão” na hora da prova ou até mesmo fazer com que você, mesmo cumprindo planejamento, estudando bastante, não tenha um bom rendimento nos estudos, pois pode levar, por exemplo, à falta de concentração(Veja aqui um artigo nosso falando sobre 6 dicas para se concentrar nos estudos).

Mas como então controlar essa ansiedade que afeta a quase todos e que pode ser bastante prejudicial na busca pelo seu objetivo? Ela pode ser contornada de algumas formas, tais como:

  • Pense no hoje, na meta que tem para hoje, no que tem para estudar hoje; a partir do hoje é que se constrói o amanhã até o dia da prova; então não estude hoje com o pensamento “ah, mas ainda falta tudo isso” ou “amanhã ainda tem isso”
  • Tenha pausa durante os estudos, de 5 a 10 minutos; pausas maiores entre uma disciplina e outra, entre um turno e outro. Não siga ininterruptamente. Respirem, alonguem-se
  • Ninguém é máquina, por isso saiba seus limites. Não é deixar “a onda levar”, não é “fazer corpo mole”. É simplesmente, após ter cumprido suas metas, ter feito melhor durante o dia, na semana, saber a hora de parar quando estiver bem cansado
  • As renúncias fazem parte da rotina de quem almeja um cargo público e elas são muitas. Mas é preciso conviver e equilibrar. Reserve um dia na semana ou algumas horas para o lazer, para estar em família ou quem mais se gosta. Não se isole totalmente
  • Não faça comparações com os outros; cada um tem uma forma de estudar que pode dar certo para você ou não; cada um tem um caminho, uma história, um jeito de se adequar à rotina

No entanto, e na maioria dos casos, dificilmente você, sozinho(a), consegue controlar sua ansiedade.. Mesmo seguindo essas dicas, cada caso é um caso. Você já tentou de diversas maneiras, já ouviu várias vezes “mas você tem que deixar essa ansiedade de lado, caso contrário não será aprovado”, como se isso fosse ser resolvido em um passe de mágica, mas mesmo assim não reduziu a ansiedade e ela tem atrapalhado bastante seus estudos. Nesses casos, contar com a ajuda de algum profissional capacitado no assunto, aplicando técnicas e metodologias de forma individualizada, vai lhe render bons frutos e afastar esse mal que prolonga sua aprovação em concursos. .

E temos como lhe ajudar com isso! A Proluno está com a Mentoria “Controle de Ansiedade”, que será realizada pela Psicóloga Ronicelani Miranda. Em dia e hora marcados previamentes, você e a sua mentora se encontrarão dentro de nossa Sala Virtual e terão uma conversa, por vídeo e chat, onde a psicóloga estará disponível durante 1 hora conversando com você e ouvindo suas principais dificuldades. A partir disso, a mentora ensinará técnicas que vão melhorar seu desempenho, auxiliar você a diminuir a ansiedade e lhe ajudar a alavancar os seus estudos. Para saber mais detalhes, bem como os planos disponíveis, CLIQUE AQUI.

Convém ressaltar, porém, que em alguns casos a ansiedade pode passar da fronteira da normalidade. É preciso saber quando ela se torna um caso grave, patológico. E como identificar que está nesse nível?! De acordo com opsiquiatra do Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto (HC-RP), Thiago Dornella Apolinário, em entrevista para o site www.acidadeon.com, “quando a pessoa demonstra preocupação, irritação, tristeza e/ou angústia excessiva e por um tempo acima do normal, com relação a algum fato do cotidiano, familiar, financeiro, pode estar com transtorno de ansiedade”. Nesses casos, evidentemente, busque por tratamento adequado e de especialista.

Como vimos, ansiedade é quase inevitável para quem encara o caminho rumo ao objetivo do cargo público. Mesmo que seja em menor grau, a ansiedade tende e muito a atrapalhar sua jornada. Portanto, não deixe-a que ela atrase sua aprovação. Mire no futuro, no objetivo, mas concretizando no presente. E sempre conte com quem, eficazmente, pode ajudar você a vencer mais este obstáculo comum, mas que precisa ser controlado: a ansiedade. 

Veja também

Deixe seu comentário