​Qual o melhor concurso para você?

Desde muito novos as escolhas e decisões permeiam tudo o que fazemos e, claro, não é nada fácil tomar qualquer uma delas. Lembra quando iríamos escolher para qual vestibular prestar? “Gosto de História, mas me identifico com o Direito”. “A família quer que eu faça medicina, mas eu gosto de Física”. Quando pensamos que essa era uma difícil decisão, eis que decidimos fazer concurso público. Mais do que ter determinação e disciplina para encarar o longo e tortuoso caminho rumo a um cargo público, mais do que fazer bons preparatórios, ter livros, estudar bastante, saber bem o que quer, delimitando com clareza qual área ou carreira seguir, é, sem dúvida alguma, o mais importante em concurso público.

Muitas vezes a gente pensa que sabe muito bem, mas até o momento em que começa, de fato, a estudar para aquilo ou quando já se vê trabalhando no cargo e percebe que não é isso que o deixa motivado, feliz e realizado. Quem nunca encontrou um servidor público mal-humorado, trabalhando com má vontade?! Isso vem muito da frustração em não se sentir realizado com aquilo que escolheu. E certamente nós da Proluno não queremos que você seja um deles. Portanto, antes de iniciar ou continuar os seus estudos, fazemos um pedido para você: pare e leia o que trouxemos para ajuda-los a escolher, de forma clara, o cargo público que almeja ou ter certeza se já está no caminho de sua realização profissional.

Leia o Edital – Parece até um pouco óbvio eu pedir isso para vocês, mas é aqui que já começa a se sentir motivado com a rotina de estudos, ao saber quais disciplinas que o certame cobra, afinal, é com elas que, até a posse, diariamente estará em contato dia e noite. São quase membros de sua família. Não só a parte teórica, muitas vezes a prática. Edital concurso para Agente da Polícia Federal. Muitas vagas, disciplinas que você já tem certo domínio, um ótimo salário, mas o concurso requer certas aptidões físicas. Será que está preparado para isso? No edital você conhecerá também todos os detalhes sobre a prova, quanto tempo terá para estudar, bem como o grau de dificuldade. Além disso, mesmo que breve, você encontra as atribuições da função. Nelas dará para vislumbrar um pouco o que o cargo lhe exigirá no dia a dia.

Salário – É o salário que você almeja?! Pergunta difícil, não é mesmo. Arrisco que 99% dos que ingressam no mundo dos concursos públicos vislumbram o salário, afinal, ele é sim um item muito importante. Mas não é tudo! Caso esteja em dúvida entre três concursos, atente-se para o que vai desempenhar no cargo. Realização profissional não necessariamente passa pelo salário. Por outro lado, convém destacar que, diferentemente da área privada, no funcionalismo público o salário pouco tem aumentos ao longo da carreira, isto é, o salário inicial deve ser mantido por algum período. Diante disso, quando for escolher com o que irá trabalhar, reavalie a sua situação financeira atual e procure algo que atenda às suas expectativas futuras ou necessidades mais urgentes. Se faz parte deste último caso, escolha um concurso com um salário que dá para manter-se e resolver, de certa forma, sua situação atual. Após adquirir certa estabilidade e com dinheiro, mesmo que pouco, mas que terá todo mês para também continuar com seus estudos, procure o concurso que sempre almejou e, junto com ele, o salário dos seus sonhos. Neste caso, só pare de estudar quando alcançá-lo.

Morar em outro lugar – Você quer morar fora de sua cidade ou Estado?Siga em frente! Muitos bons concursos estão longe de nossa proximidade geográfica. Mas mesmo que tenha essa vontade e disponibilidade, avalie o local, o que tem a oferecer, o custo e qualidade de vida. Às vezes a realidade da nova morada não sustenta a vontade que tem de desbravar novos horizontes, o que pode gerar uma não adaptação. Mas se você não pretende se mudar, seja por não ter certa vontade, seja por família, invista em concursos dentro de sua cidade ou em locais próximos. Essa decisão é de fundamental importância e deve ser tomada antes mesmo da realização da inscrição. “Vou fazer esse concurso e depois peço remoção”. Esse tipo de pensamento muitas vezes torna-se uma armadilha. Há, sim, possibilidades de remoção, mas na quase totalidade dos casos isso leva alguns anos e muitas negativas do Poder Público.

Área de atuação – Jurídica? Fiscal? Bancária? Policial? Todas são áreas excelentes dentro de sua atuação. Para a escolha de uma delas, pense no que dará prazer para você em todo dia levantar cedo para ir ao trabalho. Junto a isso, verifique se sua formação atende as exigências de escolaridade pedidas para cada uma delas ou se é próxima da área que pretende seguir.

Jurídica - Esta área é para quem quer seguir a carreira da Magistratura, Promotoria e Defensoria, por exemplo. É basicamente para quem tem formação em Direito, muito embora apareçam vaga destinadas a outras. Disciplinas como Direito Processual Civil, Direito Civil, Direito Tributário são alguns dos conhecimentos necessários. Aqui se tem os melhores salários da carreira pública.

Fiscal - Esta área é para quem pretende ser Auditor Fiscal do Trabalho, da Receita Federal, Analista Tributário, dentre outros. Excelentes salários e, na maioria dos casos, os cargos exigem nível superior em qualquer área. Além das disciplinas do Direito e básicas, como Português, geralmente os concursos exigem conhecimento em língua estrangeira, assim como de legislações bem específicas para aquele concurso, a exemplo da Legislação Aduaneira, para a Receita Federal.

Bancária - Aqui é para trabalhar no Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal. Exige formação de nível médio ou superior e um certame com disciplinas básicas (não passam pelo Direito), além de específicas, como conhecimentos bancários. Você será regido pela CLT, ou seja, terão os mesmos direitos trabalhistas que os trabalhadores da iniciativa privada

Policial - Esta área é para quem pretende seguir carreira na Polícia Civil, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar. A exigência de escolaridade varia de acordo com a vaga e Estado, bem como os salários. Os concursos, além de disciplinas básicas e do Direito, como Penal e Processual Penal, o candidato deverá apresentar algumas exigências físicas.

Contato com profissionais da área – Procure ter contato com alguns concursados e que já estejam atuando na mesma área que você pretende. Converse, troque ideias, acompanhe a rotina e entenda as vantagens e desvantagens das funções que vai exercer, provavelmente, até a sua aposentadoria. Depois de visualizar e entender melhor, reavalie se é isso mesmo que ainda deseja. Caso sim, tenho certeza que depois de ter visto e conversado com um profissional você ficará ainda mais motivado nos seus estudos.

Diante da oferta de várias oportunidades de concursos muito bons, e na iminência de outras tantas, nada melhor do que estar bem decidido naquilo que seguir. Escolha não é sorte. E concurso público tem muito de escolha e decisão. Lembre-se que, uma vez em um já cargo público, você só poderá mudar de área se prestar novamente outro concurso, fazer outra prova. Então certifique-se bem se o caminho que escolheu é o que realmente deseja. Mesmo diante de todas as dicas aqui expostas, se ainda restar dúvidas, o conselho é: siga sua vocação. Ela, sim, é a melhor escolha! O melhor concurso para você é a sua vocação. Seguindo-a, com certeza será um profissional realizado e que atenderá perfeitamente o que é servir à sociedade. 

Artigo escrito por Nahiza Monteles

Veja também

Deixe seu comentário