Por que algumas pessoas não passam em concurso?

Olá, pessoal. Tudo tranquilo?

Antes de começar nossa conversa de hoje, quero lhe fazer um convite para conhecer a Proluno (www.proluno.com.br).

Não é apenas um site, mas uma plataforma que permite você ter aulas ao vivo para concurso com os melhores professores do Brasil. Por meio de nossa sala virtual, o aluno pode interagir em tempo real com o professor, tirando dúvidas, questionando. Muito diferente de uma vídeo-aula tradicional. Então, acesse www.proluno.com.br e cadastre-se gratuitamente.

Por que algumas pessoas passam em concurso enquanto outras simplesmente não conseguem a aprovação? Você já deve ter se perguntado sobre isso.

Eu mesmo, nos meus mais de 10 anos estudando para concurso, me perguntei isso diversas vezes. Mas durante esse período, muito porque tinha que estudar realmente para ser aprovado, não tinha a menor ideia do que fazia as pessoas passarem mais rapidamente e outras não conseguirem ou não passarem tão facilmente.

Mas em 2013 para 2014 eu tive a oportunidade de estudar mais profundamente isso e também tive por base esses mais de 10 anos de servidor público para conseguir elaborar uma espécie de teoria que me respondesse essa pergunta: Será que tem uma característica ou algumas características que fazem as pessoas passarem mais rápido em concurso público? E o resultado dessa pesquisa empírica e bibliográfica, vamos dizer assim, foi o meu livro Finalmente Concursado – Como adquirir o hábito de estudar para concurso e garantir uma vaga.

Nesse meu livro eu reúno algumas características que fazem o diferencial na hora de estudar para concurso. E é disso que iremos tratar aqui, das características dos concurseiros aprovados.

E para chegar a essas características, que não são taxativas, ou seja, não quer dizer que somente pessoas com tais características são capazes de passar ou apenas essas características são suficientes para fazer com que as pessoas passem, mas essas características são o que eu li e o que eu vi e estão presentes na maior parte das pessoas que passaram em concurso.

Mas fundamentalmente eu trouxe essas características de outras atividades, de outras profissões, em que se vê claramente que pessoas de sucesso, no sentido mais amplo da palavra, pessoas de sucesso que conseguiram, ou melhor, pessoas que conseguiram algum tipo de sucesso em suas profissões ou atividades tinham características em comum. E eu trouxe para o mundo dos concursos essas mesmas características e você verificará que simplesmente casam perfeitamente essas características de pessoas dos mais variados ramos para o mundo dos concursos.

Então, hoje nós falaremos de 4 características, que são os 4 capítulos principais do meu livro. Claro que no livro você vai ver muito mais detalhado, com muito mais informações, mas aqui eu vou trazer um apanhado resumido dessas características e quero compartilhar com você essas informações.

Nós vamos falar de autocontrole, de motivação, de circunstâncias e de hábito. Serão essas 4 características que falaremos aqui e que eu acredito fortemente, piamente, que fazem toda a diferença na aprovação de qualquer pessoa que esteja no mundo dos concursos.

Todas as pessoas que você conhecer ou todas as pessoas que você conhece, que você admira, que você tem um certo respeito por olhar para essa pessoa e ver que ele conseguiu algum tipo de sucesso na vida, você pode ter certeza que essa pessoa tem uma facilidade maior com autocontrole. Porque por mais que você se ache incapaz de ter uma força de vontade suficiente para passar em um concurso ou estudar x horas por dia, eu posso lhe garantir que você tem a força de vontade necessária para cumprir todos os objetivos.

A questão central é que você tem que saber direcionar a sua força de vontade já existente e ao mesmo tempo saber administrar a sua força de vontade para os seus outros objetivos de vida. Para todas as suas atividades que você desenvolve você usa a mesma força de vontade. Inclusive eu usei uma analogia com o celular, você tem um celular e não troca de bateria para fazer ligações diferentes. A mesma bateria que você usa para fazer uma ligação, para usar a internet e para fazer outras ligações é a mesma.

E com a força de vontade é a mesma coisa. A força de vontade que você tem para estudar direito administrativo e para estudar matemática, raciocínio lógico, estatística é a mesma. Então, o que você tem que entender é que é importantíssimo você saber administrar sua força de vontade. E você entendendo isso já dá um grande salto em relação a muitos outros concurseiros.

Então eu queria que ficassem duas grandes informações importantes nessa primeira parte aqui. Todas as pessoas que passam em concurso conseguem ter um autocontrole mais direcionado ao estudo. Por quê? Porque elas sabem que quando abnegam de alguma coisa, elas estão trocando aquele momento por algo melhor no futuro que seria a aprovação e isso tem tudo a ver com autocontrole. Quer dizer, você se controla para não usufruir de algo agora para usufruir de algo muito melhor no futuro. Então, essa é a primeira informação sobre autocontrole.

A segunda é o que eu falei anteriormente, que você tem que saber administrar o seu autocontrole. E isso é uma característica também comum entre todas as pessoas que conseguem ser aprovadas ou a grande maioria delas, de saber dosar fortemente o seu autocontrole.

Uma outra característica interessante de todo concurseiro que consegue a aprovação é em relação a motivação.

No meu livro eu falo que existem algumas palavras que são muito usadas e acabam perdendo um pouco o sentido. Não perdem a importância, mas perdem o sentido pelo fato de muitas pessoas as usarem erroneamente. Motivação é uma dessas palavras. Por ser usada tanto e de forma errada as pessoas acabam achando que ela não é importante, mas eu acredito fortemente que todas as pessoas que conseguem algo na vida, que conseguem algum sucesso, que conseguem a aprovação, no nosso caso no mundo dos concursos, são pessoas altamente motivadas, são pessoas que tem dentro de si um motivo muito especifico e muito forte para continuarem estudando, para abnegarem de várias coisas em suas vidas, ou do convívio familiar, ou das férias, como nós falamos anteriormente.

Todas as vezes que ela tem que provar o seu controle, a sua força de vontade é a motivação que consegue impulsioná-la para continuar firme nos seus objetivos. E você pode observar (uma maneira bem fácil de você observar isso, da importância da motivação), basta você observar em praticamente todos os filmes que você assistir, sempre o autor, o diretor, ou quem escreveu o filme ou o livro, também serve como exemplo, em todos esses casos é colocado para o espectador a motivação, seja ela implícita ou explícita, para que o herói da trama consiga ultrapassar os obstáculos que lhe são impostos durante a vida.

Então, o recado que eu queria deixar aqui sobre motivação é o seguinte: você tem que saber diariamente o que está lhe movendo para continuar estudando. Por que a motivação é prima-irmã do autocontrole. O autocontrole, como eu falei, não fica todo tempo 100% à sua disposição. Então vai ser a motivação que vai lhe dar gás mesmo nos momentos em que você estiver fraquejando, ou seja, quando você estiver com menos força de vontade, será nesse momento que a motivação fará com que você continue na sua jornada.

E se você não souber eu lhe aconselho fortemente a parar o tempo que for necessário para descobrir qual é a sua motivação. Se você precisar de 1 dia, 2 dias, 3 dias, 1 semana para estudar, refletir, só reinicie os seus estudos quando tiver 100% de certeza do que está lhe movendo.

Quando você tiver 100% de certeza que as razões que fazem você acordar cedo todos os dias, dormir tarde todos os dias, comprar o material necessário, mesmo as vezes sem poder, que tem uma razão por trás disso, e essa razão é forte o suficiente para não fazer você fraquejar nos momentos mais difíceis.

Como eu falei, isso aqui é apenas um resumo de alguns trechos do livro. O livro é bem mais completo, com muito mais detalhes, com muito mais referências a pesquisas. Então se você quiser saber mais sobre esse assunto, como a motivação, como o autocontrole influenciam na vida do concurseiro, você pode adquirir o livro e ver com mais detalhes essas características sendo trazidas para o mundo dos concursos.

Uma terceira característica que eu vejo muito presente na vida dos concurseiros é a relativa às circunstâncias.

Você já deve saber disso, mas muitas das nossas circunstâncias nós não conseguimos alterar facilmente, mas outras nós conseguimos exercer nossa influência. Mas o que vai diferenciar entre as pessoas que conseguem algum sucesso? As pessoas que passam num concurso mais facilmente que as outras não são as que sabem diferenciar quais as circunstâncias que elas conseguem alterar, quais as circunstâncias que são imutáveis, mas sim as que tem uma capacidade de adaptação às circunstâncias.

E no meu livro eu falo bastante disso, que os concurseiros que conseguem passar em concurso mais facilmente têm uma extrema facilidade de adaptação às circunstancias, o que muita gente chama de resiliência.

Em certo momento eu entrevistei o Auditor Fiscal da Receita Thales Vinicius e a historia dele é fantástica. E mais uma vez eu vi claramente que o Thales é uma pessoa altamente resiliente, altamente adaptado às circunstancias que estavam o envolvendo. Então, um cara que passou por tantas dificuldades, por tantos problemas de saúde, em nenhum momento se conformava com aquelas circunstancias que estavam o envolvendo naquele momento. Sempre tentava superar.

E essa é a característica que eu quero que fique gravada na sua mente, o que importa não são as circunstâncias que estão acontecendo hoje na sua vida, não são seus problemas financeiros, não são seus problemas de relacionamento, não é a sua dificuldade em determinada disciplina. O que importa mesmo é a sua capacidade de não se conformar com essas circunstancias e tentar constantemente superar todas essas adversidades.

E veja como tudo isso se entrelaça, autocontrole, motivação e circunstancia.

Se você não tiver a motivação correta ou bem definida, dificilmente você vai conseguir também ultrapassar essas circunstancias. Você não vai saber para quê você está querendo ultrapassá-las, para quê você esta querendo ficar inconformado com essas circunstâncias, porque vai ficar muito confuso na sua cabeça.

As dificuldades que lhe envolverem em determinados momentos vão ser tamanhas que somente uma motivação muito grande, muito forte, e um autocontrole também totalmente gerenciado, farão com que você consiga ultrapassar essas circunstâncias negativas que estão interferindo na sua aprovação.

E a quarta característica que eu falo no meu livro sobre as pessoas que conseguem a aprovação é a característica do hábito.

Pessoas que conseguem a aprovação são pessoas que conseguem introduzir o hábito do estudo fortemente dentro de si. Eu dedico mais ou menos 60 ou 70% do livro para falar do hábito, porque eu considero que a partir do momento que você tem a possibilidade de entender como o hábito se forma dentro de você, quais são os gatilhos mentais, qual é a rotina, ou seja, qual é o mecanismo que faz com que uma atividade torne-se hábito, deixe de ser apenas uma atividade por si só, e torne-se realmente um hábito dentro de você, a partir do momento que você conhece isso, fica muito mais fácil de você colocar o hábito de estudo dentro da sua rotina.

E a partir do momento que você coloca o habito de estudo dentro da sua rotina tudo fica mais fácil, porque o estudo deixa de ser algo penoso para ser algo natural. Então pensa só comigo, se você não tem o hábito de ir à academia, por exemplo, todas as vezes que você vai para a academia, na primeira vez, na segunda, na terceira, na décima, enquanto isso não se tornou um hábito na sua vida, todas essas vezes serão penosas para você. Você vai com dificuldade, vai arrastado, você falta, você passa duas semanas sem ir. Às vezes você passa 1 mês sem ir. As vezes só faz a matricula e nunca vai, mas o fato é que enquanto essa rotina de ir para a academia não se torna um hábito para você, para sua mente é algo penoso.

E com o estudo acontece a mesma coisa. Você estuda 1 dia, 2 dias, 1 semana, 1 mês, mas, as vezes, passou 1 semana, 2 semanas sem pegar num livro, porque o hábito ainda não está introduzido na sua vida. E as vezes até você estuda 2 meses, 3 meses, 6 meses, em sequência, mas todas essas vezes em que você está estudando, você está estudando de uma maneira penosa, de uma maneira arrastada e tem extrema resistência de continuar estudando, o que faz com que o seu nível de aprendizagem diminua drasticamente. Porque fazer qualquer coisa, e estudar não é diferente, com uma resistência muito grande faz com que façamos essa coisa ou essa atividade de forma desleixada, de forma incompleta e acaba dando muito mais trabalho do que se fizermos de forma contrária, de uma forma dedicada, de uma forma zelosa. Um estudo realmente planejado, constante.

Enfim, é uma sequência bem clara, quando você consegue adquirir o hábito de estudar, você começa a estudar melhor e quando você estuda melhor, você consegue resultados muito mais rapidamente. E se você juntar as três características que eu falei anteriormente, motivação correta, o gerenciamento da força de vontade e a capacidade de superar as circunstâncias negativas que envolvem a sua vida, você consegue o hábito correto de estudar para concurso. Isso tudo fará total diferença na sua vida de concurseiro.

Eu digo isso baseado em uma vasta bibliografia, mas também baseada em minha própria experiência. No último capítulo do meu livro eu relato a minha experiência como concurseiro e você vai identificar muito facilmente que muitas vezes na minha vida faltava motivação, enquanto outras vezes faltava a disciplina, ou seja, o autocontrole, enquanto outras vezes faltava saber lidar com as circunstancias da minha vida. E fundamentalmente durante muito tempo me faltou o habito correto de estudar para concurso.

E eu creio que o motivo do sucesso do livro tenha sido esse também, porque muitos concurseiros que leram o livro se identificaram com isso, se identificaram na medida em que conseguiam constatar na sua vida de concurseiro que estava faltando algum desses elementos na sua vida.

Bem, como eu disse, é apenas um resumo do livro, não tem a intenção de detalhar o que está no livro, mas apenas trazer essas informações para você, para que você reflita, para que você pare, pense, analise e veja o que pode acrescentar na sua rotina de concurseiro. Talvez algum dos pontos seja muito interessante para você, talvez o outro não seja assim tão interessante por você já desenvolvê-lo. Por exemplo, a motivação pode ser algo que já está muito presente em sua vida, enquanto o hábito não esteja tão presente assim, ou seja, cada um vai saber como aproveitar melhor esse conteúdo.

Por Roniere Miranda

Veja também

Deixe seu comentário