Resumão do Concurso ISS Teresina

Amigos, brasileiros, concurseiros… SAUDAÇÕES!

Hoje eu venho analisar com vocês rapidamente o edital de Direito Administrativo do concurso do ISS Teresina.

Antes de mais nada… eu sei que quando vocês viram a parte de Direito Administrativo, muita gente ficou tipo…

– Oooooxxxente! Creindeuspai… Valha…. Tô besta!!

É gente, cada dia o cerco aperta mais. Por isso eu sempre digo [pausa rápida para um conselho amigo], concurso não é mais para amadores. Pelo menos os concursos mais sérios, como Tribunais e Carreira Fiscal, não adianta, o número de aventureiros diminui drasticamente (principalmente nos concursos fiscais), e aquela história do primo da colega da amiga da mãe do chefe que passou estudando 3 meses é cada vez mais rara!

Por isso, meu amigo, se você está estudando já a um tempo e ainda está na luta, não desanime! É assim mesmo. Eu não passei de primeira, nem de segunda, nem de terceira!

Você pode perder “n” batalhas, mas uma única vitória é todo sucesso que você precisa.

Bom, dito isso, vamos aos fatos:

  • Cargo – Auditor Fiscal da Receita Municipal
  • Requisito – Diploma devidamente registrado de conclusão de curso de graduação de ensino Superior, fornecido por Instituição reconhecida pelo Ministério da Educação.
    • Diploma de tecnólogo pode? Já é entendimento pacífico que sim, apesar do edital não trazer a permissão expressamente.
  • Remuneração – R$ 17.748,00 (dezessete mil, setecentos e quarenta e oito reais)
  • Valor da inscrição – R$ 130,00 – realizadas no site da FCC.
  • Encerramento das inscrições – 11/07/2016
  • Data da prova Objetiva – 28/08/2016
  • Data da prova Discursiva – 18/12/2016

Eu sei que o edital desse tamanho põe medo em qualquer um… Mas se você olhar com calma, vai ver que a tem nem tudo é motivo de desespero.

Por exemplo, no item 1 temos aqueles conceitos básicos iniciais de Direito Administrativo. O conceito orgânico, formal e material de Administração Pública está normalmente inserido nesse tópico inicial, mas a FCC colocou dentro de Organização Administrativa, item 3.

No item 4, Agentes e Servidores públicos, aparece “administração direta e indireta”… enfim.

Outra coisa, no item 5, em vez de colocar “classificação” de atos, ela elenca vários critérios de classificação. Parece até que fez pra deixar o conteúdo volumoso.

Agora, realmente, Intervenção no domínio econômico eu não via ser cobrado há um tempo. A LRF é um tema mais afeto ao direito financeiro, mas a FCC gosta de perguntar sobre.

E se você reparar bem, dentro de bens públicos, a FCC colocou Intervenção do Estado na propriedade privada.

Por fim, o item 19 também é pouco cobrado. Acredito (é um chute) que nem deva aparecer na sua prova. Afinal, são apenas 5 questões.

No mais, convido-os a assistirem o vídeo abaixo, onde analiso as últimas ____ questões da FCC, em 2016, 2015 e 2014. Você vai saber exatamente quais assuntos você precisa dar aquela reforçada para garantir esses 5 pontos em Direito Administrativo!

Aproveite!

Autor: Prof. IGOR MOREIRA


Revisando Direito Administrativo para o ISS

O Professor Igor Moreira irá revisar todos os pontos de Direito Administrativo, com resolução de questões, para o Concurso do ISS da Prefeitura de Teresina - PI. CLIQUE AQUI.

Veja também

Deixe seu comentário